19 3312.0145 | 19 3834.1566

  • Home
  • Blog
  • O que esperar do e-commerce em 2016

O que esperar do e-commerce em 2016

21 de Dezembro de 2015
O ano de 2016 tende a ser da profissionalização do e-commerce. O e-commerce não tem mais espaço para "achismos", é necessário estudar os melhores cases nacionais e internacionais e adaptá-los à realidade e necessidade ao entrar nesse mercado.

Levando em consideração os recordes obtidos na Black Friday, 2016 tem tudo para ser melhor que 2015. Em um ano de economia complicada, um  faturamento de 1,6 bilhões, 38% em relação ao ano anterior, 2,77 milhões de pedidos e ticket médio de R$580,00 são números extremamente altos e um cenário positivo.

A Black Friday também serviu para nos mostrar a representatividade do mobile, que tende a ser crescente. Com 11% dos pedidos realizados por smartphones e tablets, representando cerca de R$140 milhões do faturamento total, ter uma loja que se adapta aos dispositivos móveis já não é mais uma opção.

Uma mentalidade que precisa mudar em 2016 é do empreendedor que investe alto em um ponto físico, mas restringe completamente o orçamento do empreendimento digital. Esse empreendedor precisa entender que só pode comparar o retorno de dois canais se o investimento em ambos for igual.

A crise econômica fez com que o número de lojas online aumentasse, visto que com o aumento dos custos dos pontos físicos, a operação online começou a ser vista com outros olhos. Isso fez aumentar a concorrência, o que é ótimo para os consumidores, pois obriga os lojistas a se profissionalizarem cada vez mais para atrair o público. 

Por fim, as dicas para 2016 são simples: profissionalize sua loja virtual, analisando, planejando e executando o que tem que ser feito. Revise a comunicação visual da loja, o marketing e o atendimento e tudo que julgar necessário a realização de melhorias. As atitudes dos lojistas definirão quem é amador e quem é profissional no próximo ano. 
categorias