19 3312.0145 | 19 3834.1566

  • Home
  • Blog
  • 10 dicas para seu e-commerce não fracassar

10 dicas para seu e-commerce não fracassar

08 de Setembro de 2015
É do conhecimento de todos que o e-commerce é um mercado em constante crescimento e ascensão. Prova disso são os dados do E-bit que mostram que, no ano passado, as compras realizadas pela internet totalizaram mais de R$ 20 bilhões e que, para este ano, a previsão é de pelo menos 15% de crescimento. 

Os empreendedores estão cada vez mais optando por investir em um negócio online devido a vários fatores como o fato de não precisar de uma loja física, os menores custos de manutenção e a disponibilidade ao público 24 horas por dia, 7 dias semana. Embora existam muitos pontos positivos, começar no e-commerce requer muita atenção. É preciso se dedicar e realizar ações tanto quanto no varejo tradicional. Para não fracassar no e-commerce é necessário ir muito além de apenas disponibilizar uma loja online, é preciso ter planejamento e infra-estrutura. 

Abaixo reunimos 10 dicas para seu e-commerce não fracassar:

1) Planeje sua loja online assim como uma loja física, definindo missão, objetivo, valores do negócio, etc.

2) Preveja todos os possíveis custos como montagem da loja, manutenção, ferramentas adicionais, custos com estoque e logística, etc.

3) Defina quais serão as formas de pagamento lembrando que para pagamentos via cartão (de débito ou crédito) há uma taxa a ser paga.

4) Marque presença nas redes sociais como Facebook, Twitter e outras que julgar necessário. Lembre-se de avaliar onde seu público está antes de criar cadastro em todas as redes sociais possíveis. Para uma empresa B2B, talvez seja mais importante estar presente no LinkedIn do que em outras redes, portanto vale a avaliação.

5) Seja ágil e acompanhe os pedidos da loja em tempo real, disponibilize um chat online (que tem excelente aceitação) para contato rápido e não esqueça do rastreamento de entrega.

6) Tenha um site institucional para reunir informações mais institucionais para o usuário, isso traz credibilidade.

7) Mantenha seu site, loja e redes sociais sempre atualizados. Se o usuário se depara com algo desatualizado há dias, além de perder o interesse ainda fica com uma imagem negativa da marca.

8) Use e abuse de recursos visuais como fotografias e vídeos de qualidade. Depoimentos também podem ajudar. Lembre-se que o produto online precisa se vender sozinho e não pode deixar dúvidas sobre ele.

9) Além de ter sua própria loja online, avalie a possibilidade de fazer parte de um marketplace que reúne várias lojas, trazendo um fluxo maior de visitantes.

10) As compras por dispositivos móveis têm crescido exponencialmente, por isso programe-se para que sua loja online tenha versão mobile. 

Se você já tem um negócio online ou pensa em abrir um, lembre-se sempre que para que este não fracasse e dê certo é necessário muito empenho, dedicação, planejamento e principalmente perseverança!

Não desista. Boas vendas!
categorias