19 3312.0145 | 19 3834.1566

  • Home
  • Blog
  • Estudo aponta crescimento na receita de micros e pequenos comércios eletrônicos

Estudo aponta crescimento na receita de micros e pequenos comércios eletrônicos

13 de Fevereiro de 2017
A IBOPE Conecta divulgou os resultados da terceira edição do estudo Mercado Livre. O estudo foi realizado com 512 empreendedores MPMEs (Micros, Pequenas e Médias empresas) em todo o Brasil.

Os resultados apontam que:
- 77% dos entrevistados declararam crescimento médio de 41%;
- 20% não registraram crescimento; e
- 3% não souberam responder.

Resultados da Pesquisa

Em relação aos anos anteriores, verificou-se que 94% dos entrevistados esperam crescer neste ano (a uma média de 35%), registrando o maior percentual de entrevistados otimistas. Apenas 84% e 87% esperavam crescer nos anos de 2016 e 2015, respectivamente.

Dentre os principais motivos de crescimento das vendas:
- 77% atribuem à diversificação dos produtos à venda;
- 38% atribuem à oferta de frete grátis;
- 36% atribuem à participações em promoções e oferta de formas de pagamento mais atraentes.

Os entrevistados mostraram-se otimistas não somente ao seu resultado individual, mas ao cenário do e-commerce em geral, onde  79% acreditam que o setor crescerá em média 25%.

Dentre os motivos ara esse crescimento do setor:
- 76% apontam a maior percepção de maior segurança na compra online;
- 69% apontam o aumento no número de pessoas com acesso à internet;
- 64% apontam o crescimento no número de usuários de smartphone e tablets;
- 57% apontam o maior investimento em marketing; e
- 56% apontam a busca por mais ofertas online no cenário atual da economia.

Os entrevistados que não se mostraram otimistas, atribuíram isso à instabilidade econômica e política do país, à retração de consumo e diminuição do poder de compras. Diferentemente de 2016, onde apenas 37% planejavam realizar contratações, 48% dos entrevistados mostraram-se mais dispostos a aumentarem suas equipes.
 
O número de entrevistados que não pretendiam contratar passou de 27% em 2016 para 20% em 2017 e o número de entrevistados que não souberam responder passou de 37% em 2016 para 32% em 2017.

Mesmo com as intenções de contratações, as equipes dos entrevistados continuarão pequenas, sendo constituídas:
- 59% por até 3 funcionários;
- 9% por 4 a 5 funcionários;
- 8% por mais de 6 funcionários; e
- 25% por empresários que trabalham sozinhos.

O faturamento dos entrevistados está compreendido da seguinte maneira: 
- 33% faturam abaixo de R$100 mil;
- 32% faturam de R$ 100 mil a R$ 250 mil;
- 14% de R$ 250 mil a R$ 500 mil;
- 10% faturam de R$ 501 mil a R$ 1 milhão;
- 6% de R$ 1 milhão a 2 milhões; e
- 4% faturam acima de 2 milhões por ano.

Quanto a atuação dos entrevistados:
- 52% têm empresa formada (pessoas jurídicas); 
- 29% atuam como MEI – Micro Empreendedor Individual; e
- 19% atuam como pessoa física.

Atuação dos Entrevistados

Quanto a faixa etária dos entrevistados:
- 35% têm entre 26 e 35 anos;
- 34% têm entre 36 e 45 anos;
- 20% têm 46 anos ou mais; e
- 11% têm até 25 anos.

Faixa Etária dos Entrevistados

Quanto as regiões dos entrevistados:
- 74% pertencem à região Sudeste;
- 21% pertencem à região Sul;
- 2% pertencem à região Centro-Oeste;
- 2% pertencem à região Nordeste; e
- 1% pertence à região Norte.

Regiões dos Entrevistados
categorias